5 dicas para não desistir do treino depois de 3 meses

Todos que malham precisam de estímulos diários para não desistir do treino, seja para o ganho de massa muscular, definição ou emagrecimento.
Muitas pessoas costumam pensar duas vezes antes de começar a treinar e algumas acabam desistindo dos treinos logo após os 3 primeiros meses, mesmo sabendo que a prática rotineira de atividades físicas é benéfica para a saúde em todos os aspectos.
Sendo assim, separamos 5 dicas incríveis para você manter o foco na busca pelos seus objetivos e continuar investindo na sua autoestima, e acima de tudo, na sua saúde. Confira!

Se você segue uma rotina de treinos, saiba como manter a motivação e potencializar os resultados!

5 dicas para não desistir do treino depois de 3 meses

Defina suas metas

É muito comum a desistência quando os treinos são realizados sem um objetivo.
Algumas pessoas simplesmente “seguem tendências” e acabam realizando treinos que, ao invés de resultados, geram aquelas sensações de incapacidade e frustração.
Conquistas só aparecerão após um certo tempo, porém, definir seus objetivos e metas antes de iniciar os treinos será fundamental para você seguir firme e não desistir do treino após os 3 primeiros meses!

Tenha um horário para treinar

Fixar um horário de treino é comprometer-se com aquele momento do dia, deixando-o voltado exclusivamente para a prática de atividade física.
Após o primeiro mês, você já estará acostumado(a) com a rotina de treinos e não terá dificuldades para seguir em frente rumo à conquista dos seus objetivos estéticos e funcionais.

Crie sua própria playlist

A música é o melhor estimulante para treinar.
Portanto, crie uma playlist para cada dia de treino e concentre-se na execução correta dos movimentos.

Registre e acompanhe sua evolução

Registre sua evolução em uma planilha para comparar os resultados em frequência mensal.
Após os 3 primeiros meses de treino, você certamente identificará mudanças em seu corpo, desde que esteja seguido uma dieta adequada ao seus objetivos e necessidades.
Quanto mais você progredir, maior será a sua motivação para não desistir do treino.

Respeite seus limites

Muitas pessoas desistem de treinar porque acabam excedendo nas séries e fazendo muito esforço físico logo nos primeiros meses.
Alguns treinam na companhia de outras pessoas, que por sua vez, conseguem “levantar mais peso” ou “correr por mais tempo na esteira”.
O problema é que ao tentar acompanhar o ritmo dessas pessoas, muitos não respeitam os próprios limites e isso é extremamente perigoso para a saúde.
Ninguém poderá definir até onde você pode ir nas séries, assim como você também não precisa se basear em números batidos de repetições.
Vá até o seu limite e ao fim de cada mês estipule um novo desafio. Assim você verá progressos cada vez mais consistentes e terá ainda mais estímulos para não desistir do treino.
E o mais importante: consuma alimentos ricos em fibras e proteínas para fortalecer os músculos e beba no mínimo 2 litros de água por dia.
Siga nossas dicas e tenha resultados cada vez mais satisfatórios em seus treinos!

Se tiver alguma dúvida ou curiosidade sobre este artigo, envie o seu comentário. Contamos com a sua participação nesta e em outras publicações do nosso blog!

benefícios da pliometria